Agricultura e Tecnologia

No início de abril, tive a oportunidade de fazer parte de uma delegação de empresas israelenses do ramo agrícola e representar a startup em que trabalho (AgriTask), durante uma viagem para algumas cidades dos Estados Unidos.

O objetivo da visita era apresentar tecnologias de ponta para potenciais clientes, parceiros e investidores. Os norteamericanos são os maiores produtores e exportadores globais de muitos cultivos, enquanto Israel, apesar de seu pequeno mercado e limitados recursos, é um país internacionalmente reconhecido por uma altíssima produtividade, mesmo sob condições adversas de produção, como terras inférteis, clima desfavorável e reduzida oferta de água.

A delegação, formada por 11 startups provedoras de soluções para diferentes áreas do processo produtivo, apresentou empresas que buscam repetir o sucesso global de outras tantas empresas israelenses já estabelecidas no mercado agro mundial, como Netafim, Evogene, Hazeera, Kaiima, entre outras.

Irrigação por gotejamento, inventada em Israel.

 

As soluções atendem a problemas que variam desde o desenvolvimento de produtos biológicos para redução de uso de químicos, até graves problemas atuais da produção agrícola, como a falta de supervisão dos processos de campo, a duração e a qualidade de frutas e verduras, além da redução do uso de água e de fertilizantes.

Segue abaixo uma breve descrição das empresas que eu julguei mais interessantes, para que o leitor possa apostar qual delas se tornará global, trazendo benefícios para o mercado agrícola e mantendo Israel no topo tecnológico da agricultura mundial.

O AgriTask é uma plataforma agronômica de inteligência de negócios que integra múltiplas tecnologias (imagens de satélites e drones, sensores de campo, estações meteorológicas, etc.) em uma plataforma que inclui um aplicativo móvel e um website que auxiliam em tempo real o gerenciamento das atividades da fazenda, provendo suporte a tomada de decisões dos produtores.

A ‘Big Data’ em prol da maior produtividade e da sustentabilidade, a plataforma AgriTask

 

A AutoAgronom desenvolveu uma solução única que irriga e fertirriga (prove fertilização via irrigação) de acordo com a necessidade das plantas, e não conforme um calendário predefinido.

A BioDalia  tem o foco no desenvolvimento de produtos biológicos para proteção das plantas e saúde pública. O portfólio de produtos selecionados da Biodalia incluem bio-inseticidas e bio-fungicidas não tóxicos.

A GroundWork produz inoculantes (micorrhizal) de forma eficiente e pouco custosa para a agricultura comercial. O fungo Microrrhizal melhora os nutrientes do solo que são usados pelas plantas. Eles aumentam a produtividade dos cultivos, aumentam a resistência a diversos tipos de stresses e reduzem a necessidade de fertilizantes.

A PimiAgro desenvolveu uma formulação, sem resíduos, ecologicamente correta, que diminue perdas e prolonga o “tempo de prateleira” de frutas e verduras após a sua colheita.   

A Saturas desenvolveu um sistema de suporte a tomada de decisões baseado em uma miniatura de sensor SWP (Potencial de água no tronco) que é acoplado no interior de árvores, vinhedos e plantas, reconhecido, e altamente acurado para determinar o status de água de um cultivo.

A Smart! Fertilizer visa otimizar o uso de fertilizantes na agricultura por meio de um algoritmo único, big data e APIs para integrar com outros sistemas, que são aplicáveis para diversos cultivos e regiões do mundo.