Divórcio da década

11/10/2017 | Sociedade

Ele surgiu oficialmente entre 1992 e 1993. Revolucionou as transmissões televisivas em Israel. Modernizou com entretenimento e atualizou a cobertura jornalística. Três empresas eram responsáveis pela grade de programação.

A partir de 1994, foi dividido entre duas produtoras, Keshet (Arco-Íris) e Reshet (Rede). Uma se ocupa de domingo a terça. A outra, de quarta a sábado. A cada fim de biênio, invertem. Este sistema encerrará dia 31.

O Canal 2 israelense terminará suas atividades. Em novembro, acontece o divórcio da década. Keshet ocupará o 12. Reshet, 13. Os programas líderes de audiência não ficarão restritos a dias específicos.

A exceção será o noticiário central, das 20 horas. Yonit Levi e Dani Kushmaro apresentarão em rede para os dois canais.

Esta separação ocorre no momento em que Israel inicia as transmissões no sistema digital. O Canal 1 passa automaticamente para o 11. O 10, ao 14. O 2, se não houvesse o desquite, seria 22.

Como telespectador, celebro o novo sistema. Terei a minha disposição, diariamente, opções que recebia somente alguns dias da semana. Exemplo, o “Papo do Dia”, debate com convidados, de Lucy Aharish, que só passava às quartas e quintas. Ou o “Pessoas”, de domingo a terça, entrevistando personalidades.

O curioso era o tom “espelhado” dos programas que passavam no 2. Ambas produtoras mantinham reality-shows competitivos de culinária, música, praticamente, ao mesmo tempo. Eram concorrentes no mesmo canal.

Vinte e cinco anos depois, podem andar com as próprias pernas. Pela imprensa, li que a iniciativa partiu da Reshet. A Keshet não tentou convencer a sócia a mudar de idéia. Há algumas semanas, começaram os anúncios falando da mudança. “Do 2 ao 13” e “Levantando o 1 ao lado do 2”.

Tenho certeza de que nós, telespectadores, vamos ganhar em qualidade e interatividade. Toda a gama de seriados, humorísticos, talk news, talk shows e investigativos terão espaço maior de exibição.

Que venha novembro. Boa sorte Keshet-12 e Reshet-13. E também ao Dez-14.

Links: http://www.conexaoisrael.org/credibilidade-e-sutileza/2015-02-14/nelson
http://reshet.tv/general/channel13/
https://en.wikipedia.org/wiki/Reshet
http://keshet.channel12.co.il/Live.aspx
https://en.wikipedia.org/wiki/Keshet_Media_Group

Canal 2
https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_programs_broadcast_by_Channel_2_(Israel)
Tv a Cores
http://www.conexaoisrael.org/ben-gurion-e-os-cacadores-das-cores-perdidas/2016-06-08/gabpac
Canal 1
http://www.conexaoisrael.org/o-fim-da-rashut-hashidur-explicado/2017-05-16/yairmau
Canal 10
http://www.conexaoisrael.org/o-humor-em-israel-tambem-e-politico/2017-10-09/joao
http://www.conexaoisrael.org/o-melhor-da-tv/2017-07-19/yairmau
Lucy Aharish
https://en.wikipedia.org/wiki/Lucy_Aharish

Foto da capa: Arquivo Conexão Israel.

Artigos relacionados

Ver mais artigos

Comentários    ( 2 )

2 comentários para “Divórcio da década”

  • Romulo

    15/10/2017 at 18:14

    Nelson, no texto tu menciona sobre o ínicio da transmissão no sistema digital, o que quis dizer com isso, já que o sistema de TV em Israel já é digital fazem vários anos, usando DVB-T/2 H.264.

    • Nelson Burd

      18/10/2017 at 08:14

      A mudança nos números dos canais e o fim do analógico. Sinal digital tem há tempos, até no Brasil. Mudança definitiva, incluindo novos números de canais está sendo feito agora. O 12 está sendo anunciado com 12 HD.

Você é humano? *