“Eu voltarei a Israel” – Encontro com o deputado Jean Wyllys

Na sexta-feira, dia 08 de janeiro de 2016, o Conexão Israel recebeu o deputado federal Jean Wyllys (PSOL/RJ) para uma conversa franca e descontraída. Foi um grande prazer ouvir as opiniões e análises de alguém que tem como princípios regentes de suas políticas a honestidade e a coragem.

Jean discorreu sobre temas sensíveis como o conflito entre israelenses e palestinos, o movimento BDS e uma suposta dissonância identitária entre ser de esquerda e buscar o entendimento da realidade em Israel. No entanto, o que mais nos surpreendeu foi a destreza e a lucidez com que elaborava seus pensamentos. Durante todo o encontro, era evidente o uso que fazia da arte do discernimento para desconstruir estigmas, evitar generalizações, fugir de reducionismos e buscar incessantemente a essência das questões que lhe eram colocadas.

J_7

O Conexão Israel questionou se a “complexidade exacerbada” que ele insiste em indicar em relação ao conflito não é uma justificativa para relativização da realidade e uma tentativa de esquivar-se de posicionamentos morais. Jean Wyllys respondeu com a autoridade de alguém que sofreu com os maniqueísmos mundanos que “o debate é primeiramente intelectual e que as atitudes devem ser tomadas com base no entendimento”.

Perguntamos também como encontrar uma linguagem comum para o estabelecimento de um genuíno diálogo entre povos que parecem travar um conflito de valores. Sem hesitar, o deputado afirmou que a vontade de indivíduos em ambos os lados de viver em paz é um excelente indício de que o caminho para o paz é menos labiríntico do que se imagina.

Questionamos ainda sobre suas posições acerca do movimento de boicotes a Israel, sua imagem do país, a obsessão da mídia brasileira pelo conflito árabe-israelense, os limites entre o anti-israelismo e o antissemitismo, a omissão do PSOL, e da esquerda em geral, em revelar o terrorismo islâmico como um impedimento para a paz, e até sobre as declarações de Caetano Veloso de que não voltaria ao país.

Apesar de nem sempre concordarmos, um aspecto era claramente compartilhado por todos que ali se encontravam: o fanatismo e o extremismo que se tornam cada vez mais notórios em fórums da direita e da esquerda brasileira, assim como em grupos da comunidade judaica, são frutos de uma ignorância temerária.

Em breve publicaremos o encontro na íntegra como parte do contínuo projeto que o Conexão Israel desenvolve que tem como objetivo trazer um conteúdo inteligente e único produzido por brasileiros que abraçaram o sionismo e decidiram viver em Israel. Podemos adiantar que se trata de uma material imperdível – um verdadeiro debate intelectual sobre Israel, Palestina, política, sociedade, conflito, paz e diversos outros temas de elevadas cargas emocionais.

Um agradecimento especial ao Samuca por ter concedido o espaço, à equipe Brisa Movies pela filmagem e ao amigo Fabio Kahn pelas fotos.

Abaixo, a íntegra do encontro entre a equipe do Conexão Israel e o deputado Jean Wyllys.

Para uma versão compacta (teaser), veja abaixo:

Comentários    ( )

One Response to ““Eu voltarei a Israel” – Encontro com o deputado Jean Wyllys”

  • alberto harari

    01/02/2016 at 07:06

    ele faz muitas referencias a esquerda, e critica a homofobia em israel e no irã…ok…mas a esquerda perseguia homosexuais com muito mais brutalidade que a brasileira, cuba por exemplo teve chacinas contra intelectuais e homosexuais a mando de fidel e do próprio che guevara que jean willys se fantasio dele(che)