Música de Tishrei

Esta foto representa o chatzav (drimia), a flor do outono em Israel. Foi tirada por mim na região do kibutz Beit Guvrin.

 

 

 

Nessa belíssima música, o ano novo judaico é representado de uma maneira muito bonita. O tempo está mudando, o outono chegando, a primeira chuva se aproximando. O ano letivo começa (começou há poucos dias, em 01/09), todo o planejamento e novos ciclos tem início. O ano novo judaico ocorre no 7º mês do calendário – Tishrei. Nissan, que é o primeiro mês, coincide com o início da primavera, quando a neve do inverno nas montanhas da Babilônia derrete e enche os rios Tigre e Eufrates. No auge da cheia desses rios é possível calcular a área cultivável do ano, e assim planejar todo o trabalho. O primeiro mês judaico ocorrer no início da primavera é portanto uma herança cultural do exílio judaico na Babilônia 1.

Mas o ano em si começa com primeiras chuvas de outono na terra de Israel (depois de mais de 6 meses sem nenhuma gota cair do céu). Como em Israel não há grandes rios, a agricultura é baseada nas chuvas, que se concentram apenas no outono e no inverno (por cerca de 4 meses). O planejamento agrícola então acontecia baseado nessas chuvas, e esse é o nosso ano novo, é o nosso início do novo ciclo. Quando começava o outono, os agricultores cessavam seus trabalhos de verão – arado, fertilização e preparações em geral, e aguardavam a chuva fazer o seu trabalho. As sementes dos grãos (principalmente trigo e cevada) eram (e ainda são) plantadas quando a primeira chuva vem, e então a colheita pode acontecer entre Pessach e Shavuot. Em Sucot, as frutas que ficaram amadurecendo durante o verão (para poderem espalhar as suas sementes quando as chuvas começarem no outono, aumentando as chances de sobrevivência dos novos brotos) estão prontas para serem colhidas, e por isso temos tantas frutas simbólicas em Rosh Hashana.

Shaná tová a todos! Muita tâmara e romã!

Música de Tishrei
Chava Alberstein
Letra: Rachel Shapira
Melodia: Dani AmihudO céu muda
Para os olhos dos agricultores
Os vizinhos se preparam
Para os dias terríveis (Yamim Hanoraim, os 10 dias entre Rosh Hashana e Yom Kipur)

Alguém pensa em você
E anota os seus atos (referência ao julgamento divino que a tradição religiosa atribui a essa época, de um novo ciclo também para os seres humanos)
Venha para casa rapidamente
Com o vento frio

Tangerinas amadurecem
No campo, a seu tempo
As professoras tossem
E vão dormir cedo (ano letivo recomeçando)

Já vi um nachlieli (pássaro, conhecido em Portugal como alvéola-branca, que migra entre a Europa e a África dependendo da estação do ano. Para em Israel para descansar, como as cegonhas e os pelicanos, no outono e na primavera. É lindo de se ver, estão sempre em casais, movimentando muito a cauda longa)
Ou talvez tenha sido impressão
Outro chamsin terminou ontem
Assim como as férias grandes

O que vai acontecer e o que vai passar?
Perguntam os jornalistas
Quando, ao longo da estrada litorânea
Erguem-se os chatzavim (flor geófita. Seu bulbo fica o ano inteiro debaixo da terra, e no final do verão, quando o outono começa a dar sinais de estar chegando, ela cresce rapidamente, podendo chegar a 1 metro e meio de comprimento, com dezenas de pequenas flores brancas que vão se abrindo uma por dia)

O que nos jornais noturnos
Anunciam nas manchetes?
Venha para casa rapidamente
Com o vento frio

Shir Tishrei
Chava Alberstein
Milim: Rachel Shapira
Lachan: Dani AmihudhaShamaim Mishtanim
leEinei haChaklaim
haShchenim Mitkonenim
laYamim haNoraim

Misheu Choshev Alecha
veRoshem et Maasecha
Bo haBaita biMehera
Im haRuach haKrira

Mandarinot Mavshilot
baPardes beMoadan
haMorot Mishtaalot
veOlchot Lishon Mukdam

Kvar Raiti Nachlieli
veUlai ze rak Nidme Li
Od Chamsin Nishbar Etmol
Gam haChofesh haGadol

Ma ikre uMa Yachlof?
Shoalim haKatavim
Ksheleorech Kvish haChof
Mityatzvim haChatzavim

Ma beItonei haErev
Mevasseret haKoteret?
Bo haBaita biMehera
Im haRuach haKrira

שיר תשרי
חוה אלברשטיין
מילים: רחל שפירא
לחן: דני עמיהוד 

השמיים משתנים
לעיני החקלאים.
השכנים מתכוננים
לימים הנוראים.

מישהו חושב עליך
ורושם את מעשיך.
בוא הביתה במהרה
עם הרוח הקרירה

מנדרינות מבשילות
בפרדס במועדן.
המורות משתעלות
והולכות לישון מוקדם.

כבר ראיתי נחליאלי
ואולי זה רק נדמה לי
עוד חמסין נשבר אתמול
גם החופש הגדול .

מה יקרה ומה יחלוף?
שואלים הכתבים,
כשלאורך כביש החוף
מתייצבים החצבים.

מה בעיתוני הערב
מבשרת הכותרת?
בוא הביתה במהרה
עם הרוח הקרירה

 

Nachlieli

 


Referências bibliográficas:

1 Hillel, Daniel. “The Natural History of the Bible”. Columbia University Press, New York. 2006

Comentários    ( 0 )

Comments are closed.