Novas chances de medalhas olímpicas israelenses

21/02/2015 | Cultura e Esporte

Nas últimas edições dos jogos olímpicos, tivemos a oportunidade de ver israelenses competindo em modalidades como o judô, o tênis, a vela, a ginástica, a natação e o atletismo. Para as Olimpíadas do Rio, em 2016, provavelmente veremos novos desportistas disputando os jogos pela primeira vez e em modalidades nada rotineiras. São atletas que vem trabalhando duro em busca do reconhecimento e da “fama” olímpica.

Conheça alguns atletas e suas modalidades:

Triatlon

ron_921_550_3O nome da vez na modalidade é Ron Darmon. O atleta de 23 anos, nascido em Beer Sheva, compete na modalidade desde os oito e nos últimos quatro, obteve significantes resultados, o que o credencia, segundo o presidente da Federação Israelense de Triatlon, a alcançar o critério necessário em competições ainda este ano.

 

Vôlei de praia

volei

Duas duplas isralenses dormem, comem e sonham com a areia da praia. No masculino, Ariel Hilman e Shon Feiga e no feminino as atletas Yael Ielin e Jenifer Guz.
A modalidade vem recebendo grande apoio do comitê olímpico israelense e a participação da dupla masculina não chegaria a ser uma surpresa, já a dupla feminina terá que correr atrás em competições do circuito europeu deste ano.

Arco e flecha

arco

Guy Motzkin esteve com um pé e meio nos jogos de Londres, em 2012. O israelense atingiu o critério internacional necessário mas não conseguiu obter o índice israelense. (Na minha opinião, um absurdo inexplicável)
Desta feita, o atleta promete não deixar passar a oportunidade. Ele vem aumentando o ritmo dos treinamentos e pretende atingir o índice nos campeonato mundial que será disputado no primeiro semestre de 2015.

 

Luta olímpica

ilana

Ilana Kratysh. Anotem este nome. A lutadora israelense de 25 anos é campeã israelense desde 2004 e vice-campeã europeia em 2013 e 2014. Terá duas chances de atingir o índice olímpico. A primeira no campeonato mundial, em setembro nos Estados Unidos e a segunda, alguns meses depois, em competição europeia. Ela é considerada um nome forte para a delegação israelense em 2016.

Golfe

golf

Esta vaga já está garantida e foi alcançada pelas mãos de Letícia Back. A atleta de 22 anos imigrou para Israel com seus pais em 1998, vindos da Bélgica. Ela será a primeira atleta a competir por Israel na modalidade, sendo verdadeiramente um marco histórico.

 

Remo

fridman

Aqui a tarefa não é nada fácil. Dani Fridman alcançara, em anos passados, interessantes conquistas disputando competições na modalidade individual. No entanto, o Comitê Olímpico Israelense decidiu que seria melhor para o país que Oleg Grono se juntasse a Dani e que os dois buscassem a vaga na modalidade de duplas. Eles terão duas oportunidades para garantir a vaga. Uma no campeonato mundial e outra em competição europeia.

Nos resta acompanhar o desempenho dos atletas e torcer para que consigam atingir os índices necessários. Esperamos ve-los representando a bandeira ano que vem no Rio. Boa sorte!

Comentários    ( 4 )

4 comentários para “Novas chances de medalhas olímpicas israelenses”

  • Raul Gottlieb

    22/02/2015 at 09:40

    E nos jogos para olímpicos?
    Israel tem representantes competitivos?

    • Bernardo K. Schanz

      22/02/2015 at 16:36

      Oi Raul. Nas Paralimpíadas as chances de Israel são enormes. Temos vários representantes.
      Não vou contar os detalhes porque você me deu a excelente idéia de escrever sobre os atletas paralímpicos. 🙂

      Abraço

  • Bernardo Szuster

    23/02/2015 at 15:24

    Bernardinho, muito legal seu trabalho – adorei! Quem gosta de esporte e de Israel, fica torcendo por novidades. Peço autorização para reeditar seu material em capítulos no Comunidade Esporte Clube.
    E fico no aguardo de notícias sobre os paralímpicos. Abraço

    • Bernardo K. Schanz

      25/02/2015 at 16:56

      Com certeza, Bernardo. Pode usar o material como preferir.
      Obrigado pela visita e pelo comentário.
      Abraço

Você é humano? *