Praça Dizengoff – Fim de uma era

E como era a praça até ontem de noite

Foi-se abaixo ontem (dia 9/1/17) um dos mais feios símbolos de péssimo urbanismo do mundo ocidental. A Praça Dizengoff será reformada e voltará a ser uma grande rotatória arborizada, como era antes de se transformar em viaduto horroroso. O escultor da mais famosa e odiada escultura de Tel-Aviv tenta na justiça obrigar a prefeitura a retornar sua obra para o centro da praça, quando estiver pronta.

A Praça virou uma passagem de carros subterrânea com cheiro de xixi em 1976. Por cima, uma passarela em forma de esplanada permitia a passagem de pedestres e dificultava a passagem de carrinhos de bebês e bicicletas.

O prefeito, Ron Huldai, referiu-se ao projeto, dizendo: “A Praça Dizengoff é um símbolo da indústria dos dias passados, quando o mundo preferia os veículos particulares, tomando uma rua urbana e convertendo-a em um cruzamento público. Nivelar a rua é uma declaração pública importante, uma contribuição muito substancial para o espaço público.”

 

Ilustração de como vai ficar a praça depois dos 3 meses previstos de obra
Ilustração de como vai ficar a praça depois dos 3 meses previstos de obra

 

Foto da praça Dizengoff, como foi construída em 1936
Foto da praça Dizengoff, como foi construída em 1936
E como era a praça até ontem de noite
E como era a praça até ontem de noite (menos o chafariz, que foi desmontado faz um mês)

Artigos relacionados

Ver mais artigos

Comentários    ( 0 )

Você é humano? *