Reciclagem

21/12/2012 | Ciência e Tecnologia

Israel está passando por uma ‘revolução’ na área de reciclagem nos últimos anos. Cada vez é mais comum ver nas calçadas da cidade recipientes para a coleta dos mais variados tipos de materias. Semana passada dei uma volta pelo meu bairro em Beer Sheva e fotografei o que vi.

O latão verde é para o lixo comum, e o azul apenas para papel. Hoje em dia o latão azul pode ser visto em toda parte, e normalmente ele vem junto com o verde. A gaiola enfeitada é para garrafas plásticas. Gaiolas assim podem ser vistas em todos os quarteirões. Muitas vezes caixas metálicas verdes estão penduradas nas gaiolas para garrafas, e elas são destinadas para pilhas e CD/DVD. A grande caixa metálica cinza é para recolher roupas usadas, e podemos ver na última foto todos aparelhos juntos em um mesmo ponto de coleta.

Lembro que há quatro anos eu já juntava papel em casa para reciclar, mas tinha que levá-lo de carro até um dos pouquíssimos pontos de coleta que haviam. Hoje tenho um ponto de coleta na calçada em frente à entrada do meu prédio, e não se pode andar muito longe pela cidade sem ver diversos dos aparelhos como os das fotos acima. Para dar uma noção de como é grande o projeto em Beer Sheva, vejam o mapa interativo abaixo.


הצג את נקודות מחזור בבאר שבע במפה גדולה יותר

Marcadores amarelos denotam gaiolas para garrafas plásticas, azul denota latões para papel de 360 litros, turquesa denota latões para papel de 1100 litros e verde denota pontos de coleta de papelão.

Beer Sheva entrou de cabeça no projeto de reciclagem, e embora a situação aqui seja consideravelmente mais avançada que em outras cidade do país, ainda há muito o que se fazer. De importância especial é o tratamento do lixo orgânico, que pode chegar a formar 40% do lixo doméstico.

Em Tel Aviv já são mais de 80 composteiras públicas, onde cada um pode levar os seus restos de frutas, legumes, cascas de ovo, folhas secas, etc. Uma composteira é um grande recipiente onde os restos orgânicos passam por um processo de decomposição, e o produto final é um adubo de ótima qualidade. As composteiras em Tel Aviv se encontram em escolas, jardins públicos e edificios residenciais.  Os edifícios que escolhem comprar uma composteira podem receber da prefeitura de Tel Aviv até  70% dos seus custos. A lista completa se encontra aqui.

Composteira

Abaixo um vídeo da prefeitura de Tel Aviv sobre as composteiras:

A redução do lixo orgânico é importante por diversas razões. Restos de comida jogados ao lixo comum apodrecem de forma anaeróbica, gerando mau cheiro, criando gases-estufa e atraindo animais. Um lixo sem restos orgânicos tem volume consideravelmente menor e pode ser recolhido muito menos vezes por semana. Finalmente, é de grande importância educacional para a comunidade reutilizar seus próprios recursos, e é uma imensa satisfação usar nas plantas um adubo  criado por você mesmo.

Reciclagem em hebraico se diz MICHZUR (מיחזור), palavra derivada de MACHZOR – cíclo ou período.
A palavra criada pela Academia de Língua Hebraica para compostagem é DSHONET (דשונת), palavra derivada de DESHEN – adubo, mas ainda o mais comum de se escutar é ‘compost’.